Escadas Suspensas parecem desafiar as leis da física

Charmosas, elegantes, inusitadas, funcionais, bonitas, diferentes, futurísticas e potencialmente adequadas para cada projeto, as escadas suspensas - trapezoidais, triangulares, ovais ou em espirais – desafiam não só os profissionais que as projetam, como os próprios usuários, que somente se sentem seguros após subir e descer algumas vezes, já que na maioria dos casos elas parecem estar desafiando as leis da gravidade, flutuando no ar.

Sejam de concreto, aço, vidro, mármore, madeira ou qualquer outro elemento, na verdade elas são super seguras e todos os truques de engenharia são usados para construí-las, fazendo com que sejam admiradas e apreciadas por alguns minutos, como uma obra de arte.

Flutuando de um andar para outro, os negros degraus de aço laminados a frio, se assemelham a um metal sólido, dobrado como uma sanfona.

Escada de aço flutuando entre  vigas de aço e concreto aparente.

Dobradas como origami, a escada de aço inoxidável criada para um corredor todo branco em uma casa em Londres, tem seis milímetros de espessura e embora pareça estar flutuando, está apoiada numa balaustrada de vidro.


Na Coreia do Sul uma escada de madeira com suportes verticais brancos de aço, que de longe parecem cordas.


Distribuindo o peso para o chão através de suportes ocultos na parede, a escada fita de aço dobrada é considerada uma verdadeira obra de arte.

Destacando-se num ambiente todo branco, iluminada por baixo e fixada numa parede transparente, esta escada italiana reflete toda a sala, criando uma sensação ligeiramente psicodélica.


Semi circular, toda em plástico, esta é classificada como fascinante, divertido e futurista.

Construída acima de um espelho d’água, esta escada de acesso para um terraço ensolarado, cria bonitas sombras na parede que mudam de formato de acordo com o deslocamento do sol.

Lembrando uma gaiola esta é chamada de Ninho de Pássaro.

Degraus triangulares de forma angular apoiadas em barras de ferro presas na parede, para dar a ilusão de flutuação.

Os proprietários desta casa aproveitaram o teto alto para criar uma biblioteca no mezanino, acessível através de uma escada em espiral suportada apenas numa parte da parede.

Degraus retangulares em preto e branco aparentemente empilhados, resultam num efeito ótico interessante, vistos a partir do piso inferior.


Mais degraus em concreto parecendo desrespeitar as leis da física.

Outro exemplo de escada fita de aço dobrada, pairando acima do solo.

Suspensa em três dimensões, a escada flutuante Ecole cria um impacto visual dramático, com o uso do preto contra uma parede branca.


Por fim, vista de frente, a escada de bambu não parece muito incomum. Mas a partir de determinados ângulos, a novidade do projeto torna-se aparente. Os degraus de formato padrão se assemelham a uma coluna, dando ao conjunto uma qualidade escultural.


Carmosa & Abreu

Fale conosco: amazoninterart@gmail.com